André Pereira e Diogo Costa decisivos na vitória em Barcelos

14 janeiro 2018
Publicado por 
FC Porto B venceu o Gil Vicente por 1-0 e reforçou a liderança da Ledman LigaPro, no arranque da segunda volta

O FC Porto B bateu o Gil Vicente por 1-0, chegou à quinta vitória consecutiva na Ledman LigaPro – a melhor série da temporada – e reforçou o primeiro lugar da classificação, com 40 pontos, mais seis do que o Académico de Viseu, na segunda posição. No jogo disputado na manhã deste domingo em Barcelos, relativo à 20.ª jornada, a primeira da segunda volta, André Pereira foi o autor do golo dos portistas, que tiveram em Diogo Costa outra das duas figuras: o jovem guarda-redes defendeu uma grande penalidade no último minuto do tempo regulamentar e segurou os três pontos à equipa orientada por António Folha.

Foi uma primeira parte equilibrada aquela que se assistiu no Municipal de Barcelos, ainda que com um ligeiro ascendente dos azuis e brancos frente a um adversário bem organizado defensivo, que apostava sobretudo no contra-ataque para chegar à baliza de Diogo Costa. O guarda-redes portista começou por se destacar ao negar o golo a Fall (7m) com uma bela intervenção, naquela que foi a melhor oportunidade dos gilistas nos primeiros 45 minutos. Os Dragões, que tiveram mais posse de bola, também podiam ter inaugurado o marcador, por Fede Varela (28m), mas foi com uma igualdade a zero que o encontro chegou ao intervalo.

No segundo tempo, o Gil Vicente entrou ligeiramente melhor e esteve perto de marcar: primeiro por Frédéric Maciel, antigo jogador do FC Porto, num remate bem defendido por Diogo Costa (61m); e logo a seguir, na sequência do canto, Luizão evitou o golo em cima da linha (61m). Os barcelenses estavam por cima nesta fase da partida, mas foram os portistas a chegar ao golo: servido por Galeno, André Pereira atirou cruzado e colocado para o fundo da baliza de Rui Sacramento (70m) – foi o oitavo golo do avançado na Segunda Liga, que assim alcança Fede Varela no topo da lista de melhores marcadores portistas na prova.

A vantagem animou o FC Porto B, que voltou a estar perto de dilatar a vantagem pouco depois, mas o remate de Galeno, que levava selo de golo, foi desviado para canto por um defesa (77m). Não foi a última grande oportunidade de golo de um jogo, porque em cima do minuto 90, o Gil Vicente dispôs de uma grande penalidade, por intermédio James Igbekeme, mas que foi defendida, com toda a classe, por Diogo Costa, como já tinha feito no fim de semana passado no clássico frente ao Benfica B (3-1).

O guarda-redes da cantera azul e branca foi uma das figuras deste encontro em que o resultado foi melhor do que a exibição, de acordo com António Folha: “Não fizemos um excelente jogo, hoje pretendíamos mais qualidade e hoje não conseguimos. Temos vindo a fazer boas exibições, mas por mérito do Gil Vicente, que soube tapar bem os caminhos para a baliza, não fizemos um bom jogo. Ganhámos, conquistámos os três pontos e acabámos por ter sorte e mérito no final, com a grande defesa do Diogo no penálti”, afirmou o treinador do FC Porto B, que agora vai preparar a receção ao Arouca, agenda para o próximo domingo, às 15h00, no Estádio de Pedroso, e com transmissão em direto no Porto Canal.

 

Fonte: Futebol Clube do Porto

454 VISUALIZAÇÕES

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree