Governo questionado sobre agressão a adepto do F.C. Porto

02 abril 2017
Publicado por 
O deputado do PS Tiago Barbosa Ribeiro vai confrontar, esta segunda-feira, o Ministério da Administração Interna com a atuação de um agente da PSP, que agrediu um adepto do F.C. Porto, antes da partida no Estádio da Luz, em Lisboa.

 

O socialista, eleito pelo círculo do Porto, defendeu no Facebook que o agente em causa - que integrava o Corpo de Intervenção da PSP destacado para o clássico Porto/Benfica - "tem de ser identificado e provavelmente expulso da polícia". Daí que, amanhã, vá entregar no Parlamento um pedido de esclarecimentos ao Governo.

"Para lá do clima de violência e intimidação que parece existir contra os adeptos do Porto que estão em Lisboa (centenas de bolas de golfe, pedras, sacos de tinta contra o autocarro da equipa), a televisão acaba de mostrar um espancamento de um adepto do Porto por parte da polícia, numa rua aparentemente mais reservada. O adepto já meio moribundo no chão é pontapeado na cabeça", lamentou Tiago Barbosa Ribeiro, que frisa que "é irrelevante o clube" da vítima, "tal como aconteceu em Guimarães com um adepto do Benfica e o polícia foi suspenso".

"Não é suposto termos de se protegidos da polícia", conclui o deputado, adepto fervoroso do F.C. Porto.

A situação em causa conta-se em poucas linhas, até porque as imagens foram difundidas por todos os canais de televisão, que acompanhavam em direto as entradas no Estádio dos encarnados, durante a tarde de sábado: o adepto do F.C. Porto em causa foi derrubado com uma rasteira pelo policial, depois de alegadamente ter furado a barreira que a PSP havia montado junto à Luz. O que se viu depois foi, já no chão e imobilizado, o homem a ser pontapeado e socado nas costas e na cabeça pelo mesmo agente.

O comissário Hugo Abreu, das relações públicas da PSP, explicou que o adepto foi detido depois de ter cuspido para um agente.

 

Fonte: JN

DEIXE UM COMENTÁRIO

VIDEOS

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree