Plantel doa verba para aquisição de ambulância para a Cruz Vermelha

Projeto inédito “Um Campeonato-Uma Ambulância” lançado pela Delegação de Gondomar-Valongo.

 

A conquista do título nacional 2017/18 por parte do FC Porto foi o pano de fundo para muitas histórias de várias vertentes e a componente solidária não ficou de fora. Desafiado pela Delegação de Gondomar-Valongo da Cruz Vermelha para uma missão que visava associar a conquista do título à aquisição de uma nova ambulância, o plantel do FC Porto não deixou passar a oportunidade.

“Um campeonato – Uma Ambulância” era o mote da campanha. Em março, quando estava em plena luta pela conquista do campeonato, o plantel foi contactado pela Delegação de Gondomar-Valongo. Uma nova ambulância era a meta e o desafio era individual: jogadores e equipa técnica doariam parte do prémio pela conquista do título de modo a satisfazer esta necessidade local.

Em partes iguais, jogadores, equipa técnica e clube uniram-se e aceitaram o repto. Assim, e com a desejada conquista da Liga, a verba para a aquisição da ambulância foi conseguida. Trata-se de uma Renault Master L2, de corpo alongado, que servirá, maioritariamente, para o transporte inter-hospitalar e para consultas médicas de doentes não urgentes, idosos e pessoas em cadeiras de rodas.

A prontidão com que o FC Porto aceitou o desafio lançado não deixou indiferente a Delegação da Cruz Vermelha de Gondomar-Valongo, como salienta Nuno Coelho, presidente da Direção: “A receção do FC Porto foi excelente. Deram-nos sempre o maior apoio, porque perceberam logo o alcance social e humanitário deste projeto. Não é para benefício pessoal ou institucional, mas de uma comunidade.”

Além da satisfação pela doação recebida, a Cruz Vermelha de Gondomar-Valongo, uma região onde existem muitas famílias de adeptos e sócios do FC Porto, salienta a satisfação por também terem, de certa forma, ajudado à conquista do 28.º campeonato da história do FC Porto.

“Numa altura complicada do campeonato para o FC Porto, quisemos propor este projeto para que houvesse mais um complemento de motivação para os jogadores, pois com uma pequena percentagem do prémio pelo título poderiam dar uma grande ajuda a uma causa como esta”, completou Nuno Coelho.

Com o arranque dos trabalhos para a nova temporada, a verba foi entregue à Delegação que, a caminho dos quatro anos de idade, ainda dá os primeiros, mas seguros, passos no auxílio à população local.

 

Fonte: fcporto.pt

© 2017 +FC PORTO - All Rights Reserved. Developed by animarnegocios.com