Menu

Alan Varela chegou e fez exames médicos antes de ser apresentado no FC Porto

+FCPorto 7 meses ago

Médio argentino aterrou no Porto, “fintou” toda a gente e passou pelos procedimentos habituais. Hoje é dia de apresentação.

Após cerca de 16 horas de uma viagem iniciada em Buenos Aires com escala em Madrid, Alan Varela chegou ao Porto ontem, pouco depois das sete da manhã. No entanto, a saga da transferência do médio argentino do Boca Juniors para o clube azul e branco só ficará oficialmente concluída esta quarta-feira com a apresentação, no passo final que foi adiado depois de todos os procedimentos e burocracias terem sido concluídos já em horas um pouco tardias.

Alan assina um vínculo válido até 2028 a troco de oito milhões de euros fixos, acrescidos de 3 M€ dependentes de objetivos. O Boca reserva 20% da mais-valia de uma venda futura.
Certo é que, puxando a fita até à parte da manhã de ontem, Alan conseguiu “fintar” tudo e todos antes de sequer entrar em campo. À saída da zona VIP do Aeroporto Francisco Sá Carneiro estavam vários jornalistas e fotógrafos – como é habitual aquando da chegada de um reforço sonante -, à espera de um vislumbre do médio, assim como uma carrinha enviada pelo FC Porto e destinada ao transporte do jogador. Contudo, a saída fez-se pelo terminal público e Varela escapou às objetivas. À tarde, cumpriu a parte dos exames médicos, por norma a mais morosa dos trâmites finais deste tipo de operações. Iniciou por volta das 16h30 e terminou ao fim da tarde, sem imprevistos. Posteriormente, Alan gravou alguns conteúdos para os meios de comunicação do clube, pelo que é possível que o mais recente reforço já se apresente hoje no Olival.

Ontem, o Boca Juniors publicou uma pequena entrevista de despedida de Alan Varela, na qual o centrocampista, de 22 anos, transmitiu diversas notas de agradecimento, que se estenderam do emblema “xeneize” aos pais. No final, deixou a porta aberta a um eventual regresso ao clube do coração. “Ficaria encantado por voltar. O Boca foi a minha casa durante muitos anos. O sentimento que tenho pelo Boca é inigualável”, afirmou Alan.

Fonte: ojogo.pt