Menu

Conceição: ″É um grupo equilibrado, com o Barcelona ligeiramente acima na teoria″

+FCPorto 5 meses ago

Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, em conferência de imprensa de antevisão à visita aos ucranianos do Shakhtar Donetsk, na terça-feira (20h00), em Hamburgo, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Num grupo com o Barcelona, este jogo assume especial importância por o FC Porto poder marcar uma posição logo na primeira jornada? “São três pontos. É um grupo equilibrado, com o Antuérpia, o campeão belga, e sei da dificuldade porque iniciei a carreira lá e o campeão espanhol, das melhores Ligas do mundo. Temos o Shakhtar, de que já falei, e é e um grupo equilibrado, com o Barcelona ligeiramente acima dos outros, mas isso é na teoria, na prática é diferente”.

O Benfica comprou o guarda-redes Trubin no último mercado. Já pensou em comprar um jogador ucraniano? “Não olhamos para a nacionalidade dos jogadores. Está a falar do nosso rival e daqui a duas semanas vou falar sobre isso de certeza, porque vamos enfrentá-lo, mas agora não é tema”.

Qual o seu plano para o jogo? Ficou satisfeito com o novo esquema da equipa frente ao Estrela da Amadora? Procurou surpreender o Estrela ou agitar as águas depois de um início de época menos fulgurante? “É uma pergunta interessante, mas levaria tempo e seria chato. Nós olhamos para o papel e fui ouvindo algumas coisas que fico a pensar que as pessoas não têm conhecimento. Em termos de dinâmica com bola, o que quer que fale? Com o Estrela, em 3-5-2, por norma construímos com três, temos presença no corredor central, flancos fortes e na frente também. Depois depende da estratégia para o jogo, se quiser dar proteção a um flanco, com um jogador que não tem tanto conhecimento ou experiência, posso dar ao jogar com uma linha de três centrais. E com isso dar outras coisas aos laterais, foi o caso de usar dois laterais como alas puros. Quando ouço alguns comentários, penso o contrário, que não devia ter centrais no banco. O nosso sistema normal é com dois centrais. Há coisas que, não conhecendo o treino e os jogadores, depois levantam questões para criticar, não para tentar saber. Nós somos alvo dessa crítica, mas quando é mal-intencionada, fico mais aziado. Quando alguém pensa que percebe algo de futebol e diz baboseiras, eu desvalorizo. Amanhã temos um plano para o Shakhtar, com algumas ausências, mas temos garantias para, no sistema tático que prepararmos… Na parte final do jogo com o Estrela vi o Pepe a fazer um cruzamento para a área e ele não é ala direito”.

Fonte: ojogo.pt