Menu

Conceição igualou Pedroto: “Se não servir para ganhar a Taça…”

+FCPorto 3 meses ago

O jogo contra o Barcelona: “Vamos tentar ganhar em Barcelona para conseguir aquilo que todos queremos. A partir de amanhã vamos começar a preparar esse jogo, mas é importante referir que este foi um teste positivo, até porque alguns jogadores com menos minutos mostraram determinação e ambição. A equipa respeitou o adversário que, à partida, era mais frágil”.

Com 16 vitórias consecutivas na Taça de Portugal igualou José Maria Pedroto: “Se esse recorde servir para ganhar a Taça de Portugal, fico contente, caso contrário, não passa de mais um número.”

O resumo do jogo: “A melhor forma de demonstrar respeito pelo adversário é sermos sérios e disputarmos todos os duelos de forma intensa, como é nossa característica, defendermos e atacarmos todos juntos. Houve um ou outro erro individual, mas faz parte. A seriedade esteve sempre presente e isso agradou-me. Optámos por uma equipa com um misto de jogadores com mais e menos minutos e, como se costuma dizer, foi um jogo entretido, também por culpa do Montalegre, que fez um jogo sério, capaz e bem organizado. Parabéns ao Montalegre e às duas mil pessoas que trouxe ao Dragão. Isto é a festa da Taça de Portugal e é por isto que gosto tanto desta competição.”

As alterações feitas: “A minha preocupação era não mexer tanto face aos muitos jovens que tínhamos lá dentro. Fui gerindo também a pensar no jogo da Liga dos Campeões, mas só quando senti que a vitória estava assegurada, daí as saídas do Galeno, do Evanilson e do João Mário. Só o fiz a partir do momento em que senti que o jogo estava seguro, embora nunca tenhamos permitido nada ao Montalegre.”

Uma questão central para a viagem a Barcelona: “Se não tivermos o Pepe disponível, temos de arranjar uma solução no nosso trabalho diário para não se notar essa ausência. O Marcano está lesionado, o David Carmo está castigado e vamos ver se o Pepe recupera a tempo.”

Fonte: ojogo.pt