Menu

“Corrupção do Benfica? Só temos de apelar a que as entidades desportivas atuem”

Claudio Rocha 1 ano ago

Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação do FC Porto, não poupou o VAR do jogo com o Gil Vicente (derrota por 2-1, no Dragão) e abordou a condenação por corrupção de Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico do Benfica.

Em declarações ao programa Universo Porto da Bancada, do Porto Canal, Francisco J. Marques, diretor de comunicação e de informação dos dragões, visou o árbitro que esteve no VAR da derrota com o Gil Vicente e ainda comentou a condenação de Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico do Benfica.

“[Tiago Martins, VAR do FC Porto-Gil Vicente] Tem um histórico lamentável com o FC Porto, não há outra forma de o dizer. Há muitos erros. Um jornal da época passada apontou dez contra e não há um único a favor. Esta pessoa tem condições para arbitrar jogos do FC Porto? Não. Isto é um comportamento muito incorreto do Tiago Martins, um cadastro muito prolongado”, asseverou Francisco J. Marques.

Virou, depois, agulhas para a recente condenação de Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico do Benfica, que foi condenado a dois anos e seis meses de prisão, com pena suspensa, por corrupção no julgamento do processo E-toupeira: “Paulo Gonçalves, funcionário de topo do Benfica à data dos factos é corrupto. Diz o relatório que fez aqueles atos em benefício do Benfica. O que vai fazer a justiça desportiva? Sempre vimos uma prática em que a justiça desportiva esperou pela justiça comum por não ter os mesmos meios, o que é compreensível. Agora acabou de acontecer que Paulo Gonçalves, diretor jurídico do Benfica, foi condenado por corrupção em benefício do Benfica e prejuízo do FC Porto e Sporting. É de esperar que a justiça desportiva aja, à semelhança de outros países, diga-se. Ainda hoje veio a notícia de que a SAD do Benfica tinha sido acusada, tal como Domingos Soares Oliveira, administrador, e também o Bruno Paixão, que à data dos factos era árbitro. Vamos continuar a fingir que não tem nada a ver com futebol? O Benfica está atolado destas coisas, praticou sucessivamente atos reprováveis, ilegais e vergonhosos que mancham a história do Benfica, o nosso grande rival. Só temos que apelar às entidades desportivas que atuem.”

Fonte: OJogo