Menu

Direita da defesa do FC Porto é a maior incógnita e Galeno volta à “sua” praia

+FCPorto 3 meses ago

João Mário continua entregue aos cuidados do departamento médico do FC Porto e a sua recuperação a tempo de defrontar o Shakhtar Donetsk é uma incógnita que só deverá ter resposta em cima da hora do jogo. O lateral fez tratamento ontem e hoje deve repetir a dose, mas o seu nome deve ser incluído na lista de convocados, visto que todas as horas são importantes. João Mário, recorde-se, sofreu uma contusão com hematoma na coxa direita, na partida com o Famalicão, tendo já perdido os embates com o Estoril (Taça da Liga) e Casa Pia (Liga). 

Nesses dois encontros, o mais recente internacional português dos dragões teve vários substitutos. Na Amoreira, o central Zé Pedro começou como lateral direito, mas saiu ao intervalo, passando Pepê para a posição até à entrada de Jorge Sánchez. O mexicano assumiria o posto a tempo inteiro com o Casa Pia, contudo as suas exibições ainda não convenceram a plateia do Dragão e neste último jogo até cometeu a grande penalidade que permitiu aos “gansos” marcarem o golo de honra.

Por isso, não será de descartar que a escolha de Conceição, caso se confirme a ausência de João Mário, recaia em Pepê. Até porque para jogar à sua frente o treinador portista  já voltará a ter à disposição Francisco Conceição, que cumpriu castigo na partida do campeonato. Seria, em todo o caso, a primeira vez como titular do ala na Champions, ao fim de 13 jogos.

Galeno volta à sua “praia”

Suplente utilizado com o Casa Pia, ala espreita regresso ao onze na prova onde tem feito a diferença

Galeno começou no banco na partida com o Casa Pia (Iván Jaime assumiu a titularidade no lado esquerdo do ataque), mas amanhã deverá regressar ao onze do FC Porto, na prova onde mais se tem destacado esta temporada, a Liga dos Campeões, e frente ao adversário que melhores recordações lhe traz, o Shakhtar Donetsk. Afinal, foi contra os ucranianos, em Hamburgo, que o extremo assinou uma das melhores exibições com a camisola do FC Porto, marcando dois golos e oferecendo mais um, a Taremi. 

Tudo isto na primeira meia hora do encontro em que foi decisivo para os três pontos e um triunfo que deixa os dragões em vantagem perante o Shakhtar, em caso de empate pontual no final. Essa prestação de Galeno, recorde-se, valeu-lhe inclusive a eleição de melhor jogador da semana da primeira jornada da Liga dos Campeões.

Desde então, Galeno não voltou a faturar (antes tinha marcado ao Rio Ave), mas tem acumulado assistências – mais três – e Conceição espera que o luso-brasileiro volte a ter uma grande noite europeia e ajude a equipa a atingir o objetivo principal na liga milionária: os oitavos de final. 

Fonte: ojogo.pt