F. C. Porto em ressaca europeia vence Feirense por 2-1 e regressa à liderança da Liga à condição

Um Porto em modo de gestão e claramente a acusar o cansaço do jogo de quarta-feira contra a Roma conseguiu vencer o Feirense por 2-1,num jogo em que até esteve a perder.

Sérgio Conceição decidiu manter a formação que alinhou no jogo da Liga dos Campeões, jogando com Casillas, Militão, Felipe, Pepe, Alex Telles, Herrera, Danilo, Otávio, Corona Marega e Tiquinho Soares.
O jogo começou e o Porto não estava em campo, pois, logo aos quatro minutos, o Feirense inaugurou o marcador com um auto-golo de Felipe. A partida começou um pouco atrasada em virtude de um problema de iluminação e a equipa portista entrava sem fulgor e sem "luz" no seu modelo e modo de jogo.

Os alarmes soaram quando o Feirense quase fazia o segundo, felizmente, Iker Casillas evitou o pior. Á passagem dos quinze minutos o Porto melhorou e através de um canto, Danilo Pereira fez o empate. O golo desbloqueou o jogo portista que começou a melhorar e a obrigar o Feirense a defender com tudo e todos. Aos trinta e cinco minutos e novamente na sequência de um canto, Pepe, fazia o 2-1.

O golo que dava a vantagem no marcador, fez, com que o Porto voltasse ao adormecimento e sem nunca comprometer o resultado, o jogo foi para intervalo. Um Porto de muito pouca intensidade mas que se fazia valer pela capacidade nas bolas paradas e por um Marega que dava profundidade ao ataque e conseguia criar situações que obrigavam o Feirense a ceder cantos atrás de cantos.
Notava-se que os jogadores do Porto estavam a acusar a maratona que tinham feito na champions e um Feirense que jogava em puro contra-ataque demonstrava que o jogo não ia ser nada fácil para o conjunto portista.

Nesta primeira parte destacaram-se do lado azul e branco ( na partida até jogaram de cinzento, cor que poderíamos dar á exibição portista) : Danilo pelo golo marcado e pela capacidade de choque que deu ao meio campo portista, não raras vezes jogou há frente de Herrera para que conseguisse ganhar as segundas bolas e estancar o perigo criado pelo Feirense, Alex Telles que fez o jogo quarenta e dois na temporada e deu mais uma vez, muita profundidade ao lado esquerdo do Porto e Pepe pela capacidade de ganhar bolas e pelo golo decisivo no encontro.

A segunda parte manteve a toada do final da primeira e tivemos um Porto em modo gestão óbvio e evidente. A equipa correu o risco de sofrer um golo mas conseguiu evitar que esse golo surgisse. O Feirense pouco ou nada conseguiu fazer, mas a equipa comandada por Sérgio Conceição expôs - se a um risco desnecessário atendendo a que defrontava uma equipa que se encontra no último lugar da liga portuguesa, que não vence desde Agosto e sobretudo atendendo a que no banco de suplentes Portista estavam nomes como Brahimi, Manafa, Oliver e Fernando Andrade.

Os três pontos foram conseguidos mas de forma sofrida e pouco convincente. Urge em recuperar a condição física dos jogadores, mas é de destacar que nem sempre é fácil jogar após uma noite europeia como a que a equipa do Porto teve na quarta-feira e começando o jogo de hoje a perder, a situação ainda mais difícil ficou, contudo a equipa portista reagiu e venceu, o que é sempre de se louvar.

Um Porto que teve mais posse de bola que o Feirense, mas, essa posse foi muitas vezes estéril, já que, era feita no meio campo defensivo da equipa portista. Um jogo que ficou marcado por um Porto que construa a três ( Pepe, Felipe e Herrera) com Alex Telles e Militão a darem profundidade e Danilo há frente dos três que construíam. Otávio jogava por dentro e Marega a descair para a direita, um falso 4-2-4 mas que devido há falta de velocidade na circulação de bola e dos próprios jogadores, poucos resultados e frutos produzia.

Não foi o melhor jogo da equipa portista, mas o primeiro lugar da Liga Portuguesa pertence á condição aos azuis e brancos. Segue-se o jogo contra o Marítimo no Estádio do Dragão e aguarda-se que o Benfica perca

Saudações +portistas
+ Gilberto Borges

© 2017 +FC PORTO - All Rights Reserved. Developed by animarnegocios.com