Menu

Francisco J. Marques comenta interdição do Dragão e lembra incidente da final da Taça da Liga

+FCPorto 5 meses ago

FC Porto foi punido com um jogo de interdição do Estádio do Dragão devido a um incidente ocorrido no Moreirense-FC Porto. Diretor de comunicação dos dragões, que vão recorrer, comentou o tema no programa “Universo Porto da Bancada”

Interdição do Estádio do Dragão devido a incidente no Moreirense-FC Porto: “É impossível ter controlo quando se está na casa do adversário. Se é difícil, muitas vezes, ter capacidade para fiscalizar 50 mil pessoas, e estou a reportar aos jogos do Dragão, ainda mais é quando o FC Porto não tem responsabilidade nos jogos fora. É um problema que acontece recorrentemente no futebol português. Parece é que há pesos diferentes para quando acontece com o FC Porto e quando acontece com outros clubes.”

Final da Taça da Liga: “Na final da Taça da Liga contra o Sporting, em janeiro, houve uma situação grave, que causou feridos – 10 pessoas foram assistidas pelos bombeiros -, um caso de pirotecnia, com uma criança de 9 anos que ficou ferida, com uma queimadura na cara… Perante uma situação claramente mais grave do que a de Moreira de Cónegos, também de lamentar. O CD entendeu não responsabilizar a SAD do Sporting. Porque é que passado uns meses, numa situação menos grave, entende responsabilizar a SAD do FC Porto? O jogo em Leiria não era organizado pela SAD do Sporting. O de Moreira de Cónegos não era organizado pelo FC Porto… O acórdão da absolvição do Sporting elenca factos provados e outros que não foram provados. No caso do FC Porto, foram todos provados.”

Fonte: ojogo.pt