Capturar

Corona: “Marega? Essas coisas acontecem em campo, estamos unidos”

Corona falou após a vitória em Tondela e abordou o caso que envolveu o maliano e uma grande penalidade. O FC Porto venceu em Tondela por 3-1 na ronda 31 do campeonato, mas o jogo também ficou marcado pela grande penalidade nos descontos, convertida por Fábio Vieira. Marega queria assumir o lance, a escolha recaiu no jovem jogador e o maliano não gostou. Protestou em pleno relvado e saiu direto para o balneário logo após o apito “Essas coisas acontecem em campo, estamos juntos até final”, afirmou Corona na entrevista rápida da SportTV após o encontro.

image

Momento curioso com Conceição: “Robocop porquê? Estou politicamente correto?”

Treinador fez a antevisão ao encontro com o Tondela, da ronda 31 da I Liga. Sérgio Conceição fez esta quarta-feira a antevisão ao jogo com o Tondela, da ronda 31 do campeonato, numa conferência que proporcionou um momento curioso. O treinador do FC Porto foi comparado a Robocop, mas garantiu que o comportamento que evidencia não mudou assim tanto. “Antes da paragem, fui igual a mim próprio. Penso que não mudei assim tanto. Mas Robocop porquê? Estou politicamente correto?”, questionou, num tom de boa disposição. Conceição vincou que não assume ainda a conquista do título, porque, afinal, ainda não está matematicamente garantido. “O meu desejo é o de ser campeão desde o primeiro dia em que chegamos. Quem não luta por esses objetivos, não faz parte do que é o clube. Esse é o desejo de todos nós. Ainda não somos campeões de nada”, vincou. O FC Porto será campeão já esta quinta-feira se vencer em Tondela e o Benfica perder em Famalicão. Fonte: O Jogo

SC2

Sérgio Conceição e uma brincadeira com Jorge Jesus: “Foi inventado por ele…”

Treinador do FC Porto recordou Jorge Jesus para abordar o jogo da última jornada, frente ao Belenenses SAD. Jogo com Belenenses SAD deve ser exemplo? “No [jogo contra o] Belenenses SAD houve momentos individuais, daquilo que é tal sexto momento. Falamos sempre dos quatro momentos, organização transição ofensiva, transição defensiva, organização ofensiva, organização defensiva, depois há um quinto, que foi inventado pelo Jorge Jesus, as bolas paradas. Brinco com ele com isso. E há o sexto, talento do jogador, às vezes é isso que conta. No Belenenses SAD ficou mais no olho momentos fantásticos individuais, em termos coletivos se calhar fizemos dos jogos mais fracos em casa. Principalmente na primeira parte. Há sempre coisas a melhorar, a trabalhar. O foco é melhorar. Fazer um resumo do que se passou no jogo, perceber o que a equipa não está a fazer tão bem e melhorar”. O que transmite este contexto mais positivo, de seis pontos de vantagem sobre o Benfica? “Viver exatamente da mesma forma, com a mesma responsabilidade, mesma atitude no trabalho, horas de chegar aqui… É exatamente a mesma coisa, não muda absolutamente nada. Estamos focados verdadeiramente só no próximo jogo. Nada do que possam dizer e que se compreende, a

naom_5f0061c46e2cf

Sérgio Conceição: “Não é discutido, falado ou vivido aqui dentro…”

Treinador do FC Porro diz que a equipa está apenas focada em conquistar os três pontos em Tondela, sem pensar na possibilidade de festejar o título já esta quinta-feira. Sérgio Conceição fez esta quarta-feira a antevisão ao jogo com o Tondela, da ronda 30 do campeonato. Em caso de vitória e derrota do Benfica em Famalicão, os dragões festejam o título esta quinta-feira. “Foram dias normais de preparação. Estamos focados em ganhar os três pontos. Tudo o que seja além disso não entra, não é discutido, falado ou vivido aqui dentro. Não quer dizer que não pensemos no título todos os dias, desde que aqui estamos”, afirmou Conceição. O treinador comentou também os cuidados que os adeptos devem ter em caso de festa. Não tenho de dar conselhos. De um modo geral, as pessoas têm tido um comportamento bom. Temos sido apoiados de uma forma fantástica nos dias de jogo, desde o hotel até ao estádio onde jogamos. As coisas têm corrido bem. Tivemos há pouco tempo o São João (dérbi com o Boavista) e não houve nenhuma situação de alarme. As pessoas estão conscientes do momento que estamos a viver”, disse. Fonte: O Jogo

abou

“Aboubakar quase não joga e é sempre o primeiro a chegar aos festejos…”

Carlos Padrão, antigo guarda-redes, destaca a união do FC Porto. Na opinião de Carlos Padrão, o título já não escapa ao FC Porto. O antigo guarda-redes, que passou pelos dragões, marcou presença no programa Visão de Jogo da TSF e na conversa com José Manuel Ribeiro e o jornalista João Ricardo Pateiro vincou que será um desfecho justo. “Aboubakar quase não tem um minuto de jogo e é sempre o primeiro a chegar aos festejos. Há uma união tremenda naquele balneário. Estou convicto que o FC Porto será campeão nacional. Será justíssimo”, vincou. “O FC Porto foi a equipa mais consistente. O outro candidato (Benfica) levou um banho de bola no Estádio da Luz e perdeu duas vezes contra o FC Porto”, completou, deixando elogios à forma como Sérgio Conceição comanda a equipa. ojogo

image

FC Porto iniciou preparação para a partida frente ao Tondela

Depois da vitória robusta frente ao Belenenses, o FC Porto iniciou esta segunda-feira a preparação do jogo com o Tondela, da 30.ª jornada da Liga. No Olival, apenas Marcano (fez tratamento) não esteve às ordens do técnico dos azuis e brancos, Sérgio Conceição. O defesa-central está a recuperar de uma lesão no joelho. Refira-se que o FC Porto defronta o Tondela na quinta-feira, no Estádio João Cardoso, a partir das 19h15. Os dragões podem festejar o título logo nessa noite, caso vençam os beirões e o Benfica perca em Famalicão. Fonte: MaisFutebol

image

“Contas do título? Só se fala do próximo jogo, o Tondela. Mais nada”

Contas do título, FC Porto precisa de seis pontos para carimbar: “Na minha cabeça já está o treino de amanhã. Já é meia-noite e pouco. Depois do jogo não durmo muito, mas porque sou apaixonado por aquilo que faço. Só se fala do próximo jogo, o Tondela. Mais nada”. Teste positivo à covid-19 no Belenenses SAD: “Não faço a mínima ideia, não pertenço à DGS. Em termos de conhecimento, não me cabe a mim comentar nada do que se tenha passado que pertence à DGS e ao Belenenses”. Consistência defensiva: “Eu vejo a situação no global. Tirando este jogo do Paços, temos permitido muito pouco aos adversários, tem a ver com o processo defensivo. Temos de falar de toda a equipa e não só da defesa e do Marchesín. É uma dinâmica coletiva, toda a gente percebe a forma como queremos condicionar o adversário. Tenho de realçar o trabalho da equipa. Uma equipa sem sofrer golos está mais perto de ganhar. Essa consistência tem de ser mantida”. Fonte: OJogo

image

“Não lanço os miúdos porque fica bem na fotografia”

Análise do jogo e da exibição do FC Porto: “Houve alguns momentos do jogo em que gostei mais. Podíamos ter feito mais na primeira parte. A equipa, quando não está bem com bola, sofre também no processo defensivo, tudo associado. O Belenenses tem jovens de qualidade, com muita frescura, era preciso ter mais bola na primeira parte. Conseguimos chegar ao golo, fizemos o segundo [anulado a Uribe], ainda não vi as imagens. O Belenenses conseguiu chegar ao nosso terço defensivo com qualidade, onde finalizaram, mas sem criar situações de apuros. A segunda parte foi bem melhor em tudo, fizemos cinco golos, penso que é um resultado volumoso demais para o que o Belenenses fez na primeira parte”. Belenenses surpreendeu? “Não, nós percebemos que o Nuno Coelho, o Dani e o Ricardo Ferreira eram centrais, nós sabíamos que se iam apresentar na dinâmica de jogo e no sistema quecostumam apresentar, que isso não iria mudar. Não podemos controlar o que o adversário quer fazer. Acho que era importante sermos fiéis ao que nós somos. Não fomos em alguns momentos da primeira parte. Faltou um pouco de discernimento. Fizemos um jogo interessante, quero dar os parabéns a todos, principalmente a um menino que se