123

“Se há um caso positivo no FC Porto não sei”

Na conferência de imprensa diária sobre a situação da pandemia de Covid-19 em Portugal, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, foi diretamente questionada sobre se estava a par de existir um caso positivo no plantel do FC Porto.  «Não posso comentar isso porque não nos é reportado a que instituição, empresa ou clube é que as pessoas que testam positivo pertencem, a não ser que seja um caso de contágio massivo. Se há um caso positivo no Futebol Clube do Porto não sei. Os testes terão sido pedidos pelos médicos do Futebol Clube de Porto e os resultados foram-lhe entregues. Logo, se são os médicos que pedem os testes são eles que recebem os resultados e comunicam às pessoas testadas, é assim que funciona o circuito», realçou Graça Freitas. 

image

FC Porto sem casos positivos de covid-19 após mais de 200 testes

Clube azul e branco não conta com casos de infeção pelo novo coronavírus. O FC Porto não registou qualquer teste positivo à covid-19 nos mais de 200 que realizou até esta sexta-feira. Jogadores, equipa técnica, staff e familiares foram todos submetidos a testes de diagnóstico, dos quais resultaram zero casos de infeção pelo novo coronavírus. De recordar que o emblema azul e branco regressou ao trabalho no dia 4 de maio e encontra-se a preparar o regresso à competição na I Liga, agendado para 4 de junho. fonte o jogo

transferir

Pinto da Costa: a declaração de interesses e a resposta a duas perguntas essenciais

Presidente do FC Porto explica os motivos que levam o clube a acreditar que há todas as condições para o regresso do campeonato. Pinto da Costa, presidente do FC Porto, utilizou o editorial da revista “Dragões” para enumerar os motivos que o levam a pensar que o campeonato deve regressar após a paragem devido à pandemia. “Depois de um mês e meio com o país quase parado, a forma notável como os portugueses conseguiram conter a propagação de uma pandemia que noutros países teve consequências assombrosas vai permitindo que se retome alguma normalidade. É, como se diz agora, uma nova normalidade, em que as coisas não são como dantes, mas em que aos poucos, na medida do possível e com todas as cautelas, os constrangimentos vão sendo levantados. É o que acontece com o comércio de rua, os restaurantes, as escolas, os museus, etc. É o que acontecerá também com o futebol, neste caso com mais polémica”, começar por escrever Pinto da Costa. “Antes de explicar por que é que considero que faz sentido retomar a principal competição portuguesa, devo fazer uma declaração de interesses. Para o FC Porto, terminar imediatamente o campeonato até podia ser positivo, tanto ao nível

mw-1920

Jogadores do Porto participam em Leilão Solidário

Vários jogadores do FC Porto juntaram-se à iniciativa “OneGoalOnly” e ofereceram camisolas autografadas para serem leiloadas, com o objetivo de ajudar entidades nacionais e internacionais que estão a prestar apoio social durante a pandemia do novo coronavírus. A “OneGoalOnly” pretende leiloar duas camisolas por semana, sendo que cada jogador elege a instituição ou entidade para a qual reverterá a totalidade do valor angariado. Uma iniciativa que pode continuar a ajudar quem mais precisa, mesmo quando a pandemia terminar. Otávio, Fábio Silva, Alex Telles e Tiquinho Soares são os atletas que já aderiram. Felipe (ex-Porto) também faz parte da lista de jogadores.

Captura de ecrã 2020-05-12, às 12.40.36

+Video: Comentador diz que jogadores do Porto têm medo de jogar

Em declarações no canal da treta que é a cm tv o comentador benfiquista diz que os jogadores do Porto têm medo de jogar, e que querem que o campeonato pare já para que lhes seja atribuído o título. Ora bem, medo deve ter quem tem de controlar os árbitros, os tribunais, os políticos, as televisões, para poder ganhar à vontade. Porque se for apenas pelo futebol nem lá vão. https://streamable.com/kqib1z

1468099

Eleições no FC Porto já têm datas marcadas

As eleições para os órgãos sociais do FC Porto ficaram marcadas para os dias 6 e 7 de junho, um fim de semana, e terão três candidatos à presidência. Pinto da Costa (lista A) concorre a um 15º mandato na presidência do clube e terá a concorrência de Nuno Lobo (lista B) e José Fernando Rio (lista C). A lista D, denominada «Por um Porto Insubmisso, Eclético e Triunfante», concorre apenas ao Conselho Superior. As datas ficaram definidas numa reunião entre Matos Fernandes, presidente da Mesa da Assembleia Geral do FC Porto, e os representantes das quatro listas. As eleições decorrerão assim na terceira fase de desconfinamento indicada pelo Governo e é provável que aconteçam no Dragão Caixa.

image

Domingos Gomes: “Fui médico do FC Porto por causa de uma dor de dentes de Pedroto”

O trabalho com Pedroto, a responsabilização de Artur Jorge, o feitio de Ivic e o chocolate no lanche de Bobby Robson passam por uma entrevista de Domingos Gomes a Bola Branca Domingos Gomes está a assinalar 50 anos como médico. Licenciou-se em 1970 na Faculdade de Medicina do Porto. Com muitos anos de medicina desportiva, foi o responsável pelo departamento clínico do FC Porto entre 1976 e 1999. Depois do Dragão, foi médico da UEFA e da FIFA durante 15 épocas. Nessa qualidade, fez 500 controlos em 15 anos. O início da carreira no futebol profissional ficou a dever-se a uma dor de dentes: “Aconteceu tudo por coincidência. Entrei como médico para a natação do FC Porto, em 1973, e estive lá três anos. O Dr. Santana, que era médico do FC Porto, teve que sair e foi uma dor de dentes de Pedroto que originou a minha entrada para o futebol.” “O Sr. Pedroto queixou-se de uma dor de dentes ao saudoso Hernáni Gonçalves. Este sugeriu que o treinador fosse ao ‘Dr. Bee Gees’. O ‘Bee Gees’ era eu, porque era parecido com um dos membros desse famoso grupo musical. Resolvi-lhe o problema na hora. E foi na sequência