Menu

Gabriel Veron, ainda a recuperar de lesão, pode sair por empréstimo

+FCPorto 6 meses ago

Avançado brasileiro tem futuro em aberto nos últimos dias de mercado. Há sondagens, falta a proposta

Os derradeiros dias da janela de transferências prometem ser de agitação no FC Porto e, além das entradas que se seguem, com Iván Jaime à cabeça, a porta não está totalmente fechada a saídas. De acordo com informações recolhidas por O JOGO, o empréstimo de Gabriel Veron é uma hipótese que está a ser estudada pela SAD e pelo próprio jogador, que se encontra a recuperar de uma lesão sofrida durante a pré-época. Nesta fase, e mesmo faltando pouco tempo para o fecho do mercado, ainda não chegaram propostas concretas aos escritórios do Dragão, mas há várias sondagens e a expectativa é que surjam avanços.

Na terça-feira, chegou a ser avançado que os alemães do Leipzig e os franceses do Rennes estariam interessados no dianteiro, de 20 anos. Contudo, ao que o nosso jornal conseguiu apurar, as abordagens preliminares não vieram da parte dos emblemas citados.

Contratado ao Palmeiras no verão de 2022, Veron sentiu dificuldades de afirmação na temporada de estreia no futebol europeu. Com o foco virado para a nova época, o camisola 7 sofreu o tal revés da lesão e, face à forte concorrência nas alas e no ataque, a cedência é agora vista como uma opção viável para todas as partes. Como se não bastasse, ainda vai chegar Iván Jaime, não sendo de excluir a contratação de outro extremo. Em todo o caso, a eventual saída de Veron seria sempre a título temporário e para o estrangeiro, porque no FC Porto mantém-se a crença na “explosão” de alguém que chegou com o rótulo de diamante em bruto e, como tal, representou um investimento avultado, ligeiramente superior a 10 M€.

Regresso previsto para outubro

A 25 de julho último, depois de debelar um problema muscular sofrido durante as férias no Brasil, Gabriel Veron viu o azar bater-lhe à porta novamente. No jogo de preparação com o Wolverhampton, o internacional jovem canarinho foi forçado a sair devido a uma lesão no adutor direito, que, desde então, o manteve sob os cuidados do departamento clínico do FC Porto. Ora, como O JOGO revelou em tempo oportuno, prevê-se que Veron só esteja apto para voltar à competição em outubro, pelo que, se for emprestado, terá de concluir o processo de recuperação noutras paragens.

Fonte: ojogo.pt