Adeptas do FC Porto queixam-se de agressões nas zonas genitais

Patrícia Barbosa e Paula Marques apresentaram queixas formais na esquadra da PSP de Carnide.

 

Patrícia Barbosa e Paula Marques apresentaram queixas formais na esquadra da PSP de Carnide contra as forças de segurança que monitorizaram a entrada dos adeptos portistas no Estádio da Luz. Em causa, alegados abusos e agressões dos stewards que efetuaram a revista. As duas portistas explicaram ao Porto Canal que foram até alvo de violência nas zonas genitais.

"Foi para magoar e não para fazer propriamente a revista. Mandaram afastar as pernas e foram agressivos. Queriam magoar. Levantaram-me a camisola e mexeram nas partes íntimas", queixou-se Patrícia Barbosa, ao Porto Canal.

"Fiquei com o sutiã à mostra e até me disseram para a próxima não o levar. Meteram-me a mão dentro das calças e magoaram-me", corroborou Paula Marques.

Através do diretor de comunicação, Francisco J. Marques, o FC Porto considerou "miserável esse tipo de comportamento" e "muito baixa o tipo de gente que faz isto".

Na sequência das denúncias, há outros adeptos a manifestarem-se nas redes sociais e a anunciarem queixas nos próximos dias por causa dos comportamentos em causa.

 

Fonte: O Jogo

© 2017 +FC PORTO - All Rights Reserved. Developed by animarnegocios.com