Menu

Maxi Pereira: ″O FC Porto pode não ter contratações mais sonantes, mas tem um treinador com a mística…″

+FCPorto 6 meses ago

Maxi Pereira, ex-jogador de Benfica e F. C. Porto, admitiu, esta quinta-feira, que continua a acompanhar o futebol português

“Não há muito tempo que deixei de jogar. Faz muito pouco tempo que me mudei para o Porto e decidi começar a interessar-me por outras áreas que não o futebol, que não consegui fazer enquanto era atleta. Mas tenho acompanhado a Liga e acho que está a ser mais competitiva, o que é importante. E acho que tem sido um arranque de campeonato normal. Acho que é normal que comece assim, algo confuso, são equipas que se estão a formar e que perderam jogadores importantes”, começou por dizer o ex-jogador Uruguaio, que marcou presença, esta quinta-feira, na segunda edição da cimeira Thinking Football, no Pavilhão Rosa Mota, no Porto.

Desafiado a escolher a equipa no melhor momento, Maxi Pereira analisou o momento dos crónicos candidatos ao título e destacou Sérgio Conceição, treinador do FC Porto.

“Está à vista de todos que o Braga tem um plantel muito competitivo. Recentemente, conseguiu assegurar o lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões, o que foi muito importante e está mais do que claro que vai lutar pela Liga. O FC Porto pode não ter contratações que tenha os nomes mais sonantes mas tem um treinador com a mística de competir ao máximo, tal como no ano passado, e este ano vai acontecer o mesmo. Tem um treinador que os mentaliza para lutar e tirar o máximo do trabalho. O O Benfica é mais do mesmo, ser campeão nacional dá folga para voltarem mais tranquilos, mas os adeptos vão exigir. Têm jogadores jovens de muita qualidade. O Sporting tem muitos jogadores jovens e fez boas contratações e tenho a certeza que vai lutar pelo campeonato. Quanto às equipas mais pequenas, também se reforçaram bem e perderam o respeito pelas equipas grandes. Há uns anos, os grandes ganhavam por três ou quatro golos e agora é muito mais difícil. A Liga está a ser mais competitiva e é bonito de se ver. Vai ser um ano muito complicado para os grandes”, vincou.

Fonte: ojogo.pt