Menu

Pepe com edema e em contrarrelógio para o clássico com o Benfica

+FCPorto 5 meses ago

Central falhou o jogo com o Gil Vicente (2-1) por causa de um inchaço num dos gémeos. Contrarrelógio para o clássico

Pepe está a contas com um edema num dos gémeos, razão pela qual falhou, apesar de estar convocado e nos planos de Sérgio Conceição para o onze, a receção Gil Vicente (2-1). A grande dúvida prende-se agora com a disponibilidade do capitão para o clássico com o Benfica, na sexta-feira. Ora, clinicamente, o que Pepe tem é um inchaço provocado por acumulação de líquidos e os tratamentos já foram iniciados. Ontem, foi dia de folga para o plantel, mas não para o experiente central, que esteve no Olival, à semelhança dos restantes lesionados: Veron, Evanilson, Zaidu, Namaso e Marcano para ser visto pelo departamento médico dois dragões.

A presença no clássico da Luz, da próxima jornada do campeonato, não está descartada, mas essa será uma decisão que, muito provavelmente, só será tomada em cima do encontro com o Benfica. Ou seja, é bem possível que Pepe siga para Lisboa com a restante comitiva e faça um derradeiro exame à condição física poucas horas antes do apito inicial.

A ausência do central, de 40 anos, na equipa e na ficha de jogo para o Gil Vicente levantou de imediato uma série de questões sobre a situação clínica. A verdade é que não houve qualquer comunicação oficial e mesmo as declarações de Conceição na flash-interview e, depois, na sala de Imprensa, só ajudaram a adensar o mistério. “À última hora ficámos sem o Pepe. É preciso perguntar ao departamento médico. Fez um exame no dia do jogo e está fora. Perguntem ao doutor [Nélson] Puga, que ele sabe responder, porque nem eu percebi muito bem”, atirou, num dia em que o responsável clínico do FC Porto não esteve no banco, devido a um compromisso familiar.

Como referimos, de acordo com o que O JOGO apurou, o problema é o tal edema que surgiu num dos gémeos de Pepe e que lhe causa bastantes dores, ao ponto de serem impeditivas de treinar e jogar. Até sexta-feira, o defesa estará num autêntico contrarrelógio para poder estar disponível para o jogo grande da sétima ronda.

Carmo e Cardoso em alerta

Com Pepe entregue aos cuidados do departamento médico e sem certezas, ainda, quanto à disponibilidade para a Luz, e com Marcano de fora para o resto da temporada, restam dois centrais de raiz no plantel do FC Porto: David Carmo e Fábio Cardoso. Sem mais alternativas, todos os cuidados são poucos na gestão destes dois elementos, sobretudo numa fase em que os jogos abundam e além do clássico há uma visita do Barcelona já na próxima semana. Em janeiro, quando o mercado de transferências reabrir, Conceição irá reavaliar a necessidade de acrescentar um jogador para essa posição.

Fonte: ojogo.pt