Menu

“Pepe? Se fosse ao contrário seriam todos defensores da luta contra o racismo”

Claudio Rocha 10 meses ago

Francisco J. Marques diz que “um sem número de pessoas com responsabilidade” procurou “normalizar comportamentos inaceitáveis”.

Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação do FC Porto, pronunciou-se na noite desta terça-feira sobre o episódio em torno de Pepe e Colombatto no FC Porto-Famalicão da Taça de Portugal. O central dos dragões, recorde-se, acusa o médio argentino de racismo.

“Recordar todos os dias que a luta contra o racismo tem de ser permanente. Não vamos julgar o que aconteceu, o Pepe fez queixa à polícia e haverá a tramitação normal. Não podemos é deixar de analisar a forma como o país olhou para isto. Um sem número de pessoas com responsabilidade a procurar normalizar comportamentos inaceitáveis. A melhor prova do que aconteceu foi a reação do Pepe, a sinceridade de quem reage por uma coisa que não devia acontecer”, afirmou no programa Universo Porto da Bancada, do Porto Canal.

“Querem moralizar o racismo porque a vítima é do FC Porto. Se fosse ao contrário seriam todos defensores da luta contra o racismo. Solidariedade ao Pepe a todos os Pepes do desporto mundial e ataque feroz a quem procura normalizar estes incidentes”, completou Francisco J. Marques.

Fonte: OJogo