Menu

Pinto da Costa: “O futuro do FC Porto será marcado pela concretização do sonho da construção de uma academia”

+FCPorto 5 meses ago

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, assina o editorial de mais uma edição da revista “Dragões”. O líder máximo do emblema azul e branco recorda a gala dos Dragões de Ouro, destacando a confirmação da construção de uma academia – projeto final será entregue até ao final deste mês de outubro -, bem como a partida de Américo, antigo guarda-redes do clube, bem como a conquista da Taça Continental pela equipa de hóquei em patins. 

Confira a página do presidente na íntegra:

“O futuro em marcha

130 anos depois de ser anunciada a fundação do FC Porto por António Nicolau de Almeida, a mais recente edição dos Dragões de Ouro foi uma oportunidade para voltar a olhar para um passado que deve orgulhar todos os portistas e, mais importante do que isso, para também encarar o futuro. E o futuro será marcado pela concretização do sonho da construção de uma academia que dotará as nossas equipas da formação das instalações ideais para prosseguirem o trabalho de alto nível que tantas vezes têm concretizado em condições difíceis. Até ao final deste mês de outubro o arquiteto Manuel Salgado, autor dos magníficos Estádio do Dragão e Dragão Arena, entregará o projeto final de um complexo que será decisivo para o sucesso desportivo e económico do clube ao longo das próximas décadas.

Infelizmente, olhar para o passado do FC Porto implica recordar grandes figuras que nos deixaram recentemente. Uma delas é o guarda-redes Américo, que durante tantos anos defendeu as nossas balizas e que se distinguiu por uma coragem que não é fácil encontrar e que é tão importante naquela posição. Apesar de ter ganho alguns troféus, fê-lo durante um período em que era quase impossível um clube de fora de Lisboa aspirar a mais do que vencer pouco e muito de vez em quando. Por isso e por também ter sido uma excelente pessoa, merece a minha admiração e a de todos os nossos adeptos.

Tal como justificam todas as homenagens os nossos heróis do hóquei em patins. Campeões da Europa, em maio, 33 anos depois da última conquista, alcançaram agora a Taça Continental, que também já escapava há vários anos. São e tenho a certeza de que continuarão a ser uma máquina de ganhar jogos e troféus. 

Fonte: ojogo.pt