Menu

Pinto da Costa sobre Otávio: «Veio falar comigo a chorar e a dizer que não lhe podia estragar a vida»

+FCPorto 6 meses ago

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, revelou, em declarações na Thinking Football Summit, colóquio organizado pela Liga Portugal, o processo de saída de Otávio para a Arábia Saudita e para o Al Nassr.

«Vendemos Otávio para o clube do Ronaldo [n.d.r Al Nassr]. Ofereceram 40 milhões de euros, recusei, veio outra de 60 milhões de euros e voltei a recusar, mas, num dia em que o nosso treinador não estava, veio falar comigo a chorar e a dizer que não lhe podia estragar a vida, que ia ganhar muito dinheiro em três anos. Perante o que me disse e perante o que prometi, que não lhe cortaria as pernas, decidi deixá-lo sair», explicou o dirigente máximo dos azuis e brancos.

Por outro lado, Pinto da Costa também abordou o facto de o Banco BMG ter baixado a percentagem do passe que detinha do internacional português.

«(…) Tínhamos parceiros, um deles era um banco brasileiro [n.d.r Banco BMG], que tinha uma percentagem grande. Essa percentagem grande, falei com o presidente do banco e disse que tinha proposta de 60 milhões de euros, mas não aceitava: ‘Não aceito porque vocês vão receber uma pipa de dinheiro e não fizeram nada na renovação, não aceitando vão perder tudo’. Se estiverem disponíveis para baixar essa percentagem, vou pensar. No dia seguinte, telefonou a dizer que era preferível receber 12 milhões de euros do que não receber nada. Fizeram um bom negócio», esclareceu.

Fonte: zerozero.pt