Prolongamento ditou eliminação da Taça de Portugal

Azuis e brancos perderam por 8-7 frente ao Sporting, no Pavilhão João Rocha, nos quartos de final da competição

 

O FC Porto Fidelidade perdeu frente ao Sporting, por 8-7, após prolongamento, num jogo muito equilibrado relativo aos quartos de final da Taça de Portugal. A equipa orientada por Guillem Cabestany não conseguiu, assim, continuar a lutar pela revalidação do título de uma competição que já vencia há três épocas consecutivas.

 

Equilíbrio foi a palavra de ordem da partida. Em campo estiveram duas equipas que se conhecem muito bem, e na primeira parte foram precisos 20 minutos para desbloquear o marcador. O golo inaugural foi assinado por Telmo Pinto e no minuto seguinte Hélder Nunes fez o 2-0 para os Dragões, em dois golos muito bem trabalhados pelos jogadores portistas que não deram hipótese de defesa a Ângelo Girão. Os leões reagiram e a quatro minutos do fim da primeira parte reduziram a vantagem por Toni Pérez, com um golo que envolveu alguma polémica e no qual Nélson Filipe viu cartão azul por protestos.

 

Com tudo em aberto a segunda parte trouxe mais golos e muita emoção ao Pavilhão João Rocha. Com dez minutos jogados apareceu o primeiro livre direto, favorável ao FC Porto, que Hélder Nunes converteu no 3-1. Os dois golos seguintes foram também marcados da linha dos 7 metros, primeiro foi Ferran Font a reduzir a vantagem portista (39m) e depois Hélder Nunes, no mesmo minuto, a restabelecer os dois golos de diferença e a fazer o 4-2.

 

Os 16 minutos da segunda parte assinalam a conquista da igualdade por parte da equipa verde e branca: Raul Marín (g.p) e Matías Platero foram os responsáveis. Os azuis e brancos ainda voltaram a ter dois golos de vantagem (Gonçalo Alves, aos 43m e Hélder Nunes, aos 45m), mas o Sporting conseguiu levar o jogo para prolongamento, com golos de Toni Pérez (46m) e Raul Marín, que fez o 6-6 a 46 segundos do final do jogo.

 

No prolongamento, foram novamente os Dragões a assumir a vantagem no marcador: quinto golo no jogo para Hélder Nunes, logo no primeiro minuto do tempo extra. O Sporting voltou a empatar por Matías Platero e, já na segunda parte do prolongamento, os leões foram mais felizes e conseguiram mesmo dar a cambalhota no marcador, por Raul Marín, fechando as contas no 8-7 e garantindo assim o último lugar disponível para a Final 4 da Taça de Portugal.

 

No final do jogo, Guillem Cabestany mostrou-se satisfeito com a exibição dos seus jogadores e afirmou que o foco já está voltado para o próximo jogo, que acontece dia 11 de maio (sábado), frente ao Barcelona, referente à meia-final da Liga Europeia. O jogo acontece no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, e tem início marcado para as 12h00. “Só vou dizer que fizemos um grande jogo, que houve erros e só alguns foram erros nossos. Mas estou muito contente com a exibição que conseguimos fazer aqui perante as condições que tínhamos hoje. Obviamente cometemos erros, que vamos tentar corrigir, mas agora este jogo acabou e não interessa estar a falar do que aconteceu porque já passou. Agora o nosso foco está automaticamente voltado para a meia final da Liga Europeia, frente ao Barcelona. Relativamente ao Hélder Nunes, que saiu com uma dor atrás da perna, ainda não consigo dizer ao certo o que aconteceu, mas espero que não seja nada de grave”, disse o treinador portista.

 

SPORTING-FC PORTO FIDELIDADE, 8-7
Taça de Portugal, quartos de final
4 de maio de 2019
Pavilhão João Rocha, Lisboa

 

Árbitros: Joaquim Pinto e Miguel Guilherme

 

SPORTING: André Girão (g.r.), Ferrán Font, Matías Platero, Gonzalo Romero López e Henrique Magalhães
Suplentes: Zé Diogo Macedo (g.r.), Ricardo Oliveira, Pedro Gil, Raul Marín e Toni Pérez
Treinador: Paulo Freitas

 

FC PORTO FIDELIDADE: Nélson Filipe (g.r.), Reinaldo García, Hélder Nunes (cap.), Rafa e Gonçalo Alves
Suplentes: Carles Grau (g.r.), Giulio Cocco, Telmo Pinto, Hugo Santos e Poka
Treinador: Guillem Cabestany

 

Ao intervalo: 1-2
Marcadores: Telmo Pinto (20m), Hélder Nunes (21m, 35m, 39m, 45m e 51m), Toni Pérez (21m e 46m), Ferran Font (39m), Raul Marín (41m, 50m e 56m), Matías Platero (41m e 54m), Gonçalo Alves (43m)

 

Fonte: FC Porto

© 2017 +FC PORTO - All Rights Reserved. Developed by ANIMAR