Menu

Revisão dos estatutos deve cair e cancelar assembleia geral extraordinária do F. C. Porto

+FCPorto 3 meses ago

A polémica proposta de revisão dos Estatutos deve ser retirada, hoje, pelo Conselho Superior (CS), órgão social que tinha desenhado as alterações à lei fundamental do clube, que deveria ter sido votada na assembleia geral extraordinária (AGE) da passada segunda-feira. No entanto, os incidentes e as agressões que se registaram entre sócios portistas no Dragão Arena levaram à suspensão da reunião magna, sendo muito provável que a mesma não seja retomada, tal como estava previsto, no dia 20.

A reunião do Conselho Superior, que tem início marcado para as 18 horas de hoje, tinha como principal ponto na ordem de trabalhos a emissão de um parecer sobre o relatório e contas do clube, mas o JN sabe que vai ser apresentada uma proposta para suspender a revisão estatutária. O requerimento será, depois, sujeito à avaliação de todos os membros do CS e, para ser aprovado, necessita de dois terços de votos favoráveis.

Caso este órgão social do F. C. Porto decida deixar cair a proposta dos novos estatutos, a assembleia geral extraordinária da próxima segunda-feira deixa de ter objeto e será, por isso, cancelada, uma vez que a discussão e votação estatutária era o único ponto na ordem de trabalhos, além dos obrigatórios 30 minutos para tratar de assuntos do clube.

A nova lei fundamental do F. C. Porto tinha como pontos mais controversos a possível mudança de data das eleições, de abril para junho, a introdução do voto eletrónico, a abertura de mesas de voto nas Casas do F. C. Porto e a possibilidade de os membros dos órgãos sociais do clube poderem fazer negócios, em nome pessoal ou por interposta pessoa, com a sociedade azul e branca, desde que salvaguardem e sejam do manifesto interesse do clube ou tenham recebido parecer favorável do Conselho Fiscal e Disciplinar.

Contas a votos até dia 30

Com as eleições marcadas para abril do próximo ano, a AGE da passada segunda-feira teve alguns contornos de pré-campanha eleitoral com a presença do candidato assumido Nuno Lobo e de André Villas-Boas, que também se deve candidatar. Com a provável anulação da AGE, os sócios voltarão a ser convocados para uma assembleia geral até ao fim do mês, para debate e votação das contas do clube. 

Plantel e o aniversário do técnico: “Vamos lá trabalhar”

Sérgio Conceição celebrou, na quarta-feira, o 49.º aniversário e foi surpreendido pelo plantel, que entrou no gabinete para lhe cantar os parabéns. O técnico agradeceu o gesto com um abraço a cada um dos jogadores e atirou: “vamos lá então trabalhar”. Com 10 atletas ao serviço das seleções e sete lesionados, Conceição chamou nove futebolistas da equipa B para o treino de preparação para a Taça de Portugal.

Ecos do Dragão

Cancelada petição para destituir

Foi cancelada a petição que propunha que Fernando Madureira, líder dos Super Dragões, fosse destituído de sócio do F. C. Porto. No site da plataforma, pode ver-se que esta petição foi “encerrada definitivamente por questões de segurança do autor” quando já contava com mais de 12 mil assinaturas.

Montenegro: “ninguém gostou”

O presidente do PSD e membro do Conselho Superior do F. C. Porto, Luís Montenegro, referiu-se aos incidentes da assembleia geral. “Não vou fazer comentários, mas é evidente que ninguém gostou de ver o que foi público”, afirmou.

Fonte: jn.pt