Sérgio Conceição não fala e FC Porto critica árbitro-assistente

O técnico portista recebeu ordem de expulsão nos minutos finais do jogo com o Boavista.

 

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, não vai à conferência de imprensa após o jogo dos dragões em casa do Boavista, que terminou com a vitória dos forasteiros por 1-0.

O regulamento proíbe os treinadores de irem à "flash-interview" quando recebem ordem de expulsão, mas permite que estes marquem presença na conferência de imprensa.

Apesar disso, Sérgio Conceição preferiu não comparecer na sala de imprensa.

No twitter, Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, deixou críticas ao árbitro-assistente Ricardo Santos e explicou a razão para o treinador do FC Porto não comparecer na conferência de imprensa.

"Ninguém do FC Porto estará na conferência após o jogo em protesto por o nosso treinador ter sido expulso por festejar. O assistente Ricardo Santos volta a expulsá-lo sem razão, como aconteceu na supertaça. O FC Porto foi a única equipa que quis que se jogasse futebol. A única", lê-se.

 

Fonte: ojogo.pt

© 2017 +FC PORTO - All Rights Reserved. Developed by animarnegocios.com