Menu

Transferências de Sérgio Oliveira e Marchesín geraram menos-valias

Claudio Rocha 1 ano ago

SAD do FC Porto descreveu os negócios realizados no mercado de verão.

A SAD do FC Porto apresentou esta terça-feira um resultado negativo de 9,891 milhões de euros no primeiro semestre, de acordo com o documento enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e nos qual é descrito os negócios realizados no mercado de verão.

Destaque para a aquisição de David Carmo ao Braga, por 20,2 milhões de euros, sendo ainda de assinalar as contratações de Gabriel Veron, (10,2), Eustáquio (4,2), André Franco (4) e Samuel Portugal (2,5). No que toca ao médio ex-Estoril, o valor refere-se a 90 por cento passe, e 55 no que toca ao guarda-redes brasileiro que alinhava no Portimonense.

A SAD do FC Porto salienta ainda que Sérgio Oliveira foi transferido para o Galatasaray por três milhões de euros, com uma menos-valia de 821 euros, descontadas parcelas como os custos de intermediação, mecanismo de solidariedade e o valor líquido contabilístico do passe, entre outros. Marchesín, guarda-redes argentino, rumou ao Celta por um milhão de euros, gerando uma menos-valia de 989 mil euros.

Já a ida de Francisco Conceição para o Ajax rendeu 5 M€ de mais-valias e a de Diogo Abreu para o Sporting ditou uma compensação de 1,2 M€. Tudo somado, as alienações de passes geraram 3,8 M€ em mais-valias.

O valor total das aquisições de passes foi de cerca de 42,3 milhões de euros.

Fonte: OJogo