Menu

Veron: “Tive alguns momentos em que falhei, mas esperem muito mais”

Jose Rocha 9 meses ago

Avançado admitiu que a época no FC Porto teve muito de aprendizagem e que ficou aquém do que pode fazer. Lesões também complicaram, mas Gabriel não quer usar isso como desculpa.

Foi sem rodeios e desculpas que Gabriel Veron admitiu a necessidade de subir o nível de desempenho na próxima temporada, depois de meses de adaptação ao futebol europeu e ao FC Porto. Em 2022/23, o extremo somou apenas 718 minutos, nos quais apontou um golo e somou quatro assistências. Registos que o jogador contratado ao Palmeiras sabe que ficam aquém não só do que pode fazer, mas também do que o clube precisa.

“Com certeza que podem esperar muito mais [de mim] para honrar a camisola do FC Porto. Não pode faltar nada”, projetou o brasileiro de 20 anos. A condição física foi outro obstáculo que Veron teve de ultrapassar, com lesões que o obrigaram a ficar fora de cena em diversos períodos ao longo da temporada, mas que o atacante rejeita usar como escudo. Aliás, mais depressa vira isso contra si próprio. “Não vou dizer que foram as lesões que atrapalharam, já tive bastantes problemas com lesões. Não quero colocar a culpa nesse aspeto, porque isso é do meu corpo. Espero que não aconteça a mesma coisa na próxima época e possa mostrar o meu real valor”, vincou o camisola 7, consciente que também “não foram apenas as lesões” que impediram mais tempo de utilização: “Tive algumas oportunidades, que acho que consegui aproveitar bem. Contudo, espero que, na próxima temporada, possa estar ainda mais forte, mais firme para poder aproveitar melhor. Tive alguns momentos em que falhei, mas a intenção nunca será essa. O nosso maior objetivo é colocar o FC Porto onde ele sempre merece estar, que é no topo de tudo, e que eu possa ter mais oportunidades para mostrar o que sei fazer, que é jogar futebol.”

Tratou-se assim de “um ano aprendizagem e adaptação”, pelo facto de trocar uma liga (brasileira) por outra, mas que ainda assim teve pontos positivos, sobretudo porque os dragões não foram de férias de mãos a abanar. “Acho que foi um ano muito bom, vencemos três títulos em quatro. Espero que a próxima época possa ser de mais vitórias ainda”, analisou Veron, para quem “a equipa do FC Porto é a melhor que há”. “Infelizmente, não ganhámos o campeonato, que era o nosso maior objetivo, mas fizemos uma grande época. Na próxima, vamos entrar mais fortes, mais firmes e mostrar o nosso verdadeiro valor.”

Internacional jovem pelo Brasil e campeão do mundo de sub-17 em 2019, Veron sonha com uma chamada ao Escrete e sabe que o melhor caminho para isso passa por ajudar o FC Porto. “É o objetivo de qualquer jogador, e logo a seleção a brasileira, onde há uma disputa de qualidade e de competência incrível. Mas temos sempre de nos focar no clube, porque é aqui que temos de mostrar o nosso futebol e, consequentemente, ir à seleção”, encerrou Veron.

Fonte: OJogo