Menu

Voltas e reviravoltas até à vitória final

+FCPorto 3 meses ago

FC Porto iniciou a defesa do título europeu com um triunfo caseiro perante o Trissino (5-4)

O FC Porto entrou a ganhar na Liga dos Campeões de hóquei em patins ao bater nesta quinta-feira o Trissino (5-4), no Dragão Arena, na jornada inaugural do Grupo C, do qual também fazem parte o Tomar e o Lleida (Espanha).

Foi uma primeira parte verdadeiramente eletrizante, fértil em voltas e reviravoltas: o ex-Dragão Giulio Cocco abriu o ativo e o FC Porto respondeu por Carlo Di Benedetto e Rafa, mas o mesmo Giulio Cocco e o também ex-Dragão Reinaldo García voltaram a colocar os italianos na frente. A pouco mais de 20 segundos do intervalo, Carlo Di Benedetto bisou e assinou o 3-3 com que as equipas recolheram aos balneários.

A etapa complementar não foi tão animada quanto a inicial, mas manteve o equilíbrio no marcador e a incerteza quanto ao vencedor, pois Andrea Malagoli voltou a dar vantagem ao Trissino antes de Edu Lamas voltar a deixar tudo igual (4-4). Embalados por mais uma resposta a uma desvantagem, os campeões europeus passaram mesmo para a frente com o bis de Rafa e iniciaram a defesa do título com um triunfo justíssimo.

“Ganhámos a um adversário de grande nível. Não fizemos uma grande exibição e cometemos alguns erros, mas o guarda-redes deles fez um jogo muito bom. Entrámos um pouco mal, a perder, mas cada jogo tem a sua história e todos os adversários são difíceis. Ganhar 1-0 ou 10-0 é igual pois vale os mesmos três pontos. Na Liga dos Campeões nunca há jogos fáceis e foi o que aconteceu hoje. Temos de melhorar como equipa, mas o mais importante é que ganhámos e vamos numa boa sequência de vitórias”, afirmou o treinador Ricardo Ares após a partida.

O FC Porto volta a entrar em campo no próximo domingo (20h00, FC Porto TV/Porto Canal), no Pavilhão da UD Vilafranquense, frente à UD Vilafranquense, em jogo dos 32 avos de final da Taça de Portugal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-TRISSINO, 5-4
Liga dos Campeões, Grupo C, 1.ª jornada
30 de novembro de 2023
Dragão Arena

Árbitros: Raul Burgos Manotas e Josep Ribo (Espanha)

FC PORTO: Xavier Malián (g.r.), Edu Lamas, Rafa, Gonçalo Alves (cap.) e Carlo Di Benedetto
Suplentes: Leonardo Pais (g.r.), Telmo Pinto, Hélder Nunes, Ezequiel Mena e Roc Pujadas
Treinador: Ricardo Ares

TRISSINO: Stefano Zampoli (g.r.), Andrea Malagoli, Reinaldo García, Giulio Cocco e Davide Gavioli
Suplentes: Bruno Sgaria (g.r.), Andrea Malagoli, Geoele Piccoli, Giulio Piccoli, Giulio Cocco, João Pinto (cap.) e Jordi Méndez
Treinador: Tiago Sousa

Ao intervalo: 3-3
Marcadores: Giulio Cocco (1m e 15m), Carlo Di Benedetto (8m e 25m), Rafa (11m e 44m), Reinaldo García (19m), Andrea Malagoli (34m), Edu Lamas (36m)

Fonte: fcporto.pt